Cadastros em programas de fidelidade crescem 25,2% em 2017

Por: Agencia Estado - 18/04/2018 15h06

Os programas de fidelidade fecharam o ano passado com 112,2 milhões de cadastros, um crescimento de 25,2% em relação ao número de inscritos em 2016. Os dados são da Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização (Abemf), que compila os resultados de suas associadas (Dotz, Grupo LTM, Mastercard, Multiplus, Netpoints, Smiles, TudoAzul e Visa).

No último trimestre de 2017, foram emitidos 72,2 bilhões de pontos e milhas, volume 34,3% superior se comparado ao de igual intervalo de 2016. Com isso, no ano passado, a emissão chegou a 251,6 bilhões de pontos e milhas, 27,7% maior que o observado um ano antes.

Já os resgates somaram 55,2 bilhões no quarto trimestre de 2017, alta de 28,6% na comparação anual. As passagens aéreas seguiram como as mais procuradas (72,7%) no período, mas a Abemf destaca que a categoria "produtos e serviços" atingiu o maior share em dois anos (27,3%).

No cenário nacional, São Paulo se manteve como o destino de viagem mais procurado para o resgate de passagens aéreas, seguida de Rio de Janeiro e Brasília. Em viagens internacionais, Miami-Orlando está no topo de ranking, seguida de Santiago e Buenos Aires.

A taxa de breakage (pontos expirados e não resgatados ante os pontos emitidos há dois anos) se manteve estável na casa dos 19%, "em linha com mercados mais desenvolvidos", afirma a Abemf.

O faturamento total das empresas associadas à entidade atingiu R$ 1,7 bilhão no quarto trimestre de 2017, cifra 12,5% superior à dos três meses anteriores e 9,3% maior que o visto no último trimestre de 2016.