Dourados – MS quinta, 19 de julho de 2018
Astronomia

Chuva de meteoros vai iluminar os céus neste fim de semana

11 Ago 2017 - 17h20
A chuva de meteoros Perseida é maior no hemisfério Norte, mas também pode ser vista no Brasil - Crédito: Ethan Miller/Getty Images/AFPA chuva de meteoros Perseida é maior no hemisfério Norte, mas também pode ser vista no Brasil - Crédito: Ethan Miller/Getty Images/AFP

Quem estiver acordado durante a madrugada deste sábado para domingo pode ter uma grata surpresa ao olhar para o céu. Está previsto para este fim de semana o pico da chuva de meteoros Perseidas, com previsão de até 80 meteoros — conhecidos popularmente como estrelas cadentes — por hora. O fenômeno acontece anualmente, quando a Terra cruza uma região do espaço repleta de fragmentos deixados pela passagem do cometa Swift-Tuttle, que visita o centro do Sistema Solar a cada 133 anos. O espetáculo deve acontecer entre as 14h30 de sábado e as 2h30 de domingo.

Entretanto, a chuva Perseidas é melhor observada do Hemisfério Norte: "Basta olhar para o alto para ver os meteoros", explica Veiga. Teoricamente, o fenômeno pode ser observado até a latitude 31S, aproximadamente a altura de Porto Alegre, mas quanto mais ao Sul, menor a chance de observação.

De acordo com o astrônomo, moradores das regiões Norte e Nordeste terão melhores condições de testemunhar o espetáculo. Para isso, devem olhar para o horizonte na direção Norte. Usar um aplicativo de observação do céu, como o Sky Map ou o Sky View, facilita a localização da constelação de Perseus, onde os meteoros se concentram.

— Perseus é uma constelação característica do Hemisfério Norte. Do Brasil, ela pode ser vista quase na linha do horizonte — explicou o astrônomo. — Mesmo assim é muito bonita. Se o tempo estiver bom, vale a pena esperar acordado.

A passagem da Terra pela nuvem de poeira do Swift-Tuttle começou no dia 17 de julho e dura até o próximo dia 24, mas o pico acontece neste fim de semana. Para melhor observação, o recomendado é uma região escura, longe das luzes das metrópoles. Infelizmente, a semana da lua cheia coincidiu com a chuva Perseidas, o que também atrapalha a observação.

Apesar do grande número de meteoros, os riscos de que algum fragmento sobreviva chegue a tocar o solo são pequenos. Diferente dos asteroides, que são compostos por metais, os cometas são compostos por minerais, que dificilmente sobrevivem à entrada na atmosfera da Terra.



Deixe seu Comentário

Leia Também

Meninos tailandeses relembram os dias dentro de caverna em 1ª aparição pública após resgate
Resgate na Tailândia

Meninos tailandeses relembram os dias dentro de caverna em 1ª aparição pública após resgate

18/07/2018 14:24
Meninos tailandeses relembram os dias dentro de caverna em 1ª aparição pública após resgate
Jogadora Marta é nomeada embaixadora da ONU Mulheres
Onu Mulheres

Jogadora Marta é nomeada embaixadora da ONU Mulheres

12/07/2018 13:58
Jogadora Marta é nomeada embaixadora da ONU Mulheres
Fortes chuvas já mataram 157 pessoas no Japão
Mundo

Fortes chuvas já mataram 157 pessoas no Japão

10/07/2018 09:12
Fortes chuvas já mataram 157 pessoas no Japão
Malala Yousafzai veio ao Brasil falar sobre empoderamento feminino por meio da educação
Educação de meninas

Malala Yousafzai veio ao Brasil falar sobre empoderamento feminino por meio da educação

10/07/2018 08:40
Malala Yousafzai veio ao Brasil falar sobre empoderamento feminino por meio da educação
Marcha de orgulho LGBT de Istambul ocorrerá apesar de proibição do governo, diz organização
LGBT+

Marcha de orgulho LGBT de Istambul ocorrerá apesar de proibição do governo, diz organização

30/06/2018 13:00
Marcha de orgulho LGBT de Istambul ocorrerá apesar de proibição do governo, diz organização
Últimas Notícias