Dourados – MS domingo, 18 de novembro de 2018
Anuncie aqui
Anuncie aqui
Combustíveis

ANP quer que postos paguem por controle de qualidade de combustíveis

04 Jul 2018 - 13h03Por da Redação
ANP quer que postos paguem por controle de qualidade de combustíveis -

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) lançou nesta quarta-feira, 4, uma consulta pública para modificar a forma de contratação dos laboratórios que fazem o monitoramento da qualidade dos combustíveis comercializados no País. Segundo a ANP, o objetivo é ampliar a quantidade de amostras coletadas. A ideia é lançar posteriormente um aplicativo para os consumidores poderem acompanhar a qualidade do produto de cada posto. A consulta será encerrada no dia 23 de agosto.

A proposta da ANP é que os próprios agentes econômicos (distribuidoras e postos de abastecimento) fiquem responsáveis pelo pagamento dos laboratórios que farão a fiscalização da qualidade dos seus produtos. A ANP continuará fazendo a licitação para escolha dos laboratórios e monitorando a fiscalização. Outra mudança será o monitoramento também na base da distribuição dos combustíveis, e não apenas nos postos de abastecimento como é feito atualmente.

"Com a mudança, 100% dos postos revendedores serão contemplados no PMQC, assim como todas as distribuidoras, que também passam a ter seus produtos monitorados em suas bases de distribuição. Cada distribuidora terá amostras coletadas, obrigatoriamente, pelo menos uma vez ao mês e cada posto, pelo menos uma vez por semestre", informou a agência.

Segundo a ANP, o novo Programa de Monitoramento da Qualidade dos Combustíveis (PMQC) abre a possibilidade de revendedores e distribuidores utilizarem os resultados do monitoramento a que se submeteram, podendo inclusive, a seu critério, incrementar a frequência das coletas e ensaios. A ANP divulgará em seu site a lista e a frequência de análises dos postos visitados e que tenham tido resultados conformes dos seus combustíveis. Como etapa futura, prevê-se o desenvolvimento de aplicativo em que os consumidores poderão acompanhar o desempenho do posto revendedor quanto à qualidade dos produtos comercializados.

"A ANP manterá a supervisão do Programa, realizando o sorteio dos postos a serem monitorados, estabelecendo requisitos técnicos mínimos para ingresso no Programa pelos laboratórios independentes, realizando programas interlaboratoriais obrigatórios anualmente com os laboratórios vencedores das licitações e realizando periodicamente vistorias/auditorias técnicas em suas instalações", informa a agência.

O PMQC foi criado em 1998 e desde essa época os índices de conformidade dos combustíveis aumentaram consideravelmente, chegando a padrões internacionais, diz a ANP. Em maio de 2018, foram de 98,4% para a gasolina, 98,1% para o etanol e 95,5% para o óleo diesel, segundo dados da agência.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 37 milhões neste sábado
Mega Sena

Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 37 milhões neste sábado

17/11/2018 09:41
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 37 milhões neste sábado
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
Estatísticas

Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017

16/11/2018 16:01
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
Cervejas terão rótulos com os ingredientes usados na fabricação
Cerveja

Cervejas terão rótulos com os ingredientes usados na fabricação

16/11/2018 15:30
Cervejas terão rótulos com os ingredientes usados na fabricação
Seleção para preencher vagas de médicos cubanos ocorre ainda este mês
Mais Médicos

Seleção para preencher vagas de médicos cubanos ocorre ainda este mês

16/11/2018 10:04
Seleção para preencher vagas de médicos cubanos ocorre ainda este mês
Receita paga hoje restituições do 6º lote do Imposto de Renda
Economia

Receita paga hoje restituições do 6º lote do Imposto de Renda

16/11/2018 07:22
Receita paga hoje restituições do 6º lote do Imposto de Renda
Últimas Notícias